A triste e dolorosa dependência do “Chaves”

 Flávio Ricco.

Foi, no mínimo, esquisito e completamente fora de propósito o anúncio
do SBT, publicado nos últimos dias, com Patrícia Abravanel, filha do
dono Silvio Santos também “apoiando a volta do Chaves”. Tremenda
queimação e desprestígio. Não havia nenhuma necessidade dela passar por
aquilo.

Entre outras coisas, porque se verifica que este apelo ao esmerilhado
mexicano, pela enésima vez volta a demonstrar a absoluta falta de
melhores produtos que possam alavancar a grade de programação. Sai ano,
entra ano e o “Chaves” continua como salvador da pátria, tapando buracos
e apenas escancarando a incapacidade de se criar ou buscar qualquer
alternativa mais interessante. Não existe prova maior de incompetência.

O bom para o SBT, ao contrário do que prega a sua incoerente campanha,
seria declarar independência desse seriado. Isto, sim, significaria um
importante e louvável passo à frente.

Comentar sobre