SBT para no tempo e no espaço

Flávio Ricco.

Globo e Record anunciaram e lançaram as suas novas programações de 2012. Bandeirantes e Rede TV! fizeram o mesmo.

Só o SBT, entre as principais redes, não se alterou em quase nada,
mantendo em sua grade praticamente os mesmos produtos do ano passado.
Como maior novidade, pelo menos até aqui, o que se viu foi apenas o
barulho provocado pela mudança no cabelo de Silvio Santos. Mas só isso,
sem modificar ou contribuir nos resultados de audiência ou faturamento.
Muito ao contrário.

Louve-se o esforço de alguns dos seus diretores, que estrategicamente
ainda colocam a emissora em níveis de competitividade bem aceitáveis. A
distância para a segunda colocada, Record, um pouco com a colaboração
dela, se mantém em índices bastante seguros.

Mas resta saber por quanto tempo. Artisticamente o SBT parou no tempo,
muito em consequência de desastrosas medidas tomadas no passado.

Comentar sobre