Record quis forçar pazes entre Chris e Hickmann

RICARDO FELTRIN
EDITOR E COLUNISTA DO “F5” 

A direção da Record tentou forçar as pazes entre as apresentadoras Ana
Hickmann e Chris Flores ao vivo. A cena deveria ser exibida no programa
“Hoje em Dia” na última terça 26. Só não ocorreu porque Flores passou
mal, teve de ser medicada, e não participou do programa.

Coincidência ou não, ela passou mal após saber que teria de gravar as pazes, minutos antes de entrar no ar.

Flores e Ana estiveram envolvidas em uma grande saia justa provocada,
inicialmente, pelo marido de Ana, Alexandre Corrêa. Em entrevista a um
site, em dezembro, ele acusou Chris Flores de ser “falsa” e que
“proibiria” a mulher de trabalhar com Chris novamente.

A reconciliação “fake” ocorreria na terça-feira (26), enquanto a Globo
estivesse exibindo o programa de Fátima Bernardes na Globo.

O “F5” apurou que Ana Hickmann e seu marido empresário, Alexandre
Corrêa, concordaram com as pazes. Chris só foi informada do plano
momentos antes de entrar no ar, quando então teve fortes dores
abdominais e tontura, sendo levada para atendimento. Ficou quarta e
quinta fora do ar, mas foi chamada de volta na sexta.

Um dia antes, segunda-feira, Ana e Chris já haviam trocado um rápido
abraço e beijo quando a loira e Britto Jr. foram anunciados pelo “Hoje
em Dia”.

A ‘APARIÇÃO’ DE FÁTIMA

Nesse dia, ocorria a estreia do programa de Fátima Bernardes, que causou
bastante insegurança na produção da Record. Tanta insegurança que,
embora “Hoje em Dia” estivesse num bom trilho de ibope, estável, e
ganhasse com frequência da Globo nas últimas semanas, bastou a estreia
de Fátima dar 10 pontos que a Record já fez mudanças nos quadros.

Na verdade, a primeira ideia da Record era sondar se o público gostaria
da volta de Britto e Ana ao programa matinal. A famosa “equipe
original”. O temor à estreia de Fátima na Globo era tão grande que já
deixaram de “stand by” a possibilidade de uma mudança radical no “Hoje
em Dia”: a troca e a volta dos apresentadores originais.

A emissora também passou a usar novamente quadros velhos, como “a
passarela” e a “senha da casa”, que na verdade não passa do velho
“cofre” revisitado. O ibope mostrou que todas as mudanças foram em vão.

OUTRO LADO

Sobre a notícia acima, a Record, por meio de seu diretor de Comunicação,
Celso Teixeira, enviou a seguinte mensagem, nesta quinta: “Ninguém foi
forçado a nada e a apresentadora Chrys Flores só não entrou no ar (na
última terça-feira, no ‘Hoje em Dia’) porque estava doente.”

Comentar sobre