PC Siqueira anuncia que voltará com seu canal no Youtube

O influenciador afirmou que seu canal foi desativado apenas temporariamente.

0
137
PC Siqueira. (Foto: Reprodução/ Youtube).

Neste domingo (21), PC Siqueira anunciou que voltará a postar vídeos em seu canal no Youtube. O influenciador que está sendo investigado por pedofilia, utilizou seu perfil no Instagram para dar o aviso aos seguidores.

+ Ansel Elgort se pronuncia após sobre acusação de abuso sexual

“Amigos, o meu canal tá só desativado. Volto com ele e com os vídeos depois que esse pandemônio passar. Meu Instagram infelizmente foi bloqueado de ser desativado por razões que eu não entendi direito”, começou PC.

O youtuber continua e agradece aos que continuaram o apoiando mesmo após as acusações de envolvimento com pornografia infantil e não economizou na ironia na hora de se dirigir às pessoas que, segundo ele, desejam sua morte:

“Agradeço a quem não virou as costas pra mim nesse momento bizarro. Aos que estão se deliciando esperando meu suicídio, ser estuprado ou morto – a vida é um pote de ambrósia, só que no final do pote, tem merd*.Não vá com tanta sede ao pote”, finalizou o influenciador.

View this post on Instagram

pecesiqueira postou esse story.

A post shared by GOSSIP DO DIA (@gossipdodia) on

Entenda o caso

No último dia 06, o perfil do Twitter @exposedemo expôs uma conversa atribuída a PC Siqueira, onde o mesmo afirmava ter recebido íntimas de uma criança de 6 anos, sendo as imagens enviadas pela mãe da menor.

Após a grande repercussão do caso, PC utilizou seu perfil no Instargram para negar a veracidade da conversa e afirmou estar sendo vítima de fake news.

Na mesma semana, um áudio atribuído ao influenciador foi vazado e nele PC, supostamente, confessava que a conversa era real e ainda cogitava ter algum “traços de pedófilo”. PC até o momento não comentou sobre a autenticidade da mídia.

Os colegas de canal de Siqueira, Rafinha Bastos e Cauê Moura, também se pronunciaram sobre o caso e anunciaram o fim do canal “Ilha de Barbados”, afirmando não ter conhecimento da suposta postura criminosa de PC.

Denúncias contra o youtuber foram feitas e o caso está sendo investigado pela 4ª Delegacia de Proteção à Pessoa, do Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP).

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

*

code