MINHA COLUNA,SUA COLUNA – Carrossel: Surpresa?! Até que ponto?

por Sara Jane Matos Bezerra
Jacobina/BA 

Na
segunda-feira, dia 21 de maio estreou a grande aposta do SBT, a versão
brasileira da novela Carrossel. Para surpresa e alegria da emissora de
Sílvio Santos os primeiros capítulos do folhetim renderam bons números
no Ibope, algo incomum no horário. É… Carrossel saiu melhor do que a
encomenda para a satisfação da emissora que a exibe e para a preocupação
das concorrentes.

Aparentemente, vendo a olho nu, a novela é
atraente, meiga, doce: Uma professora boazinha e responsável que vai
transformando a vida de seus alunos, contribuindo para a educação dentro
e fora da classe. Tudo muito bonitinho e bonzinho. Não sei, mas acho
que faltou um pouco de adaptação do texto original ao contexto que nós
vivenciamos em nossas escolas atualmente. Parece tudo “tão romântico”!
Distanciamento da realidade? Não! Falta de criatividade apenas.

Assistindo
aos primeiros capítulos podemos observar, com um olhar mais atento, os
resquícios de uma emissora ainda amadora no quesito NOVELA: cenas
estagnadas, sem dinamismo, a fidelidade excessiva ao texto original de
sabe-se quantos anos atrás. É preciso atualizar o discurso! Mas, não
podemos esperar superproduções de uma emissora que passou a maior parte
dos anos reprisando novelas mexicanas e pouco investindo no potencial
que ela mesma poderia desenvolver, procurando fazer frente com as
oponentes, batendo de igual para igual.

No mais… A novela
surpreendeu e, é claro o SBT está de parabéns por finalmente acordar e
resolver trabalhar. Já estava na hora de investir em si mesma e parar de
olhar os atrativos de outros países. Com o tempo, (e isso já está
acontecendo) a emissora do Anhanguera amadurecerá e perceberá que há uma
necessidade de acompanhar os tempos em que vivemos e não se contentar
em adotar a cronologia e opinião de Sílvio Santos para decidir o que irá
agradar o púbico.

O que assistir à tarde na TV?

Caros leitores! Há quanto tempo não assistimos algo de interessante na TV brasileira, principalmente no horário vespertino?

De
segunda a sexta-feira parece não haver muitas novidades no horário da
tarde. Poderia aqui fazer uma consideração minuciosa da programação
vespertina das principais emissoras de TV do país; no entanto me
situarei na base de todas as demais, a rede globo.

Alguns dizem:
“Em time que está ganhando não se mexe”, mas até que ponto isso pode se
aplicar à grade vespertina da rede globo? O mesmo ritual há anos:
Jornal Hoje- Vídeo Show – Vale a Pena Ver de Novo – Malhação… Uma
grade organizada ou um tradicionalismo cego?

A visão de que a Rede Globo é um exemplo de emissora organizada, padrão para os outros
canais não tem muito fundamento se considerarmos o descaso que esta tem
dado ao horário da tarde. Acredito que diante da necessidade atual de
mudanças, de transformações e novidades para prender a atenção do
telespectador, uma emissora de TV não pode se deixar reduzir a mera
reprodutora de uma já vista e conhecida forma de se difundir, uma
fórmula pronta que tem servido de parâmetros para outras emissoras,
resultando em uma pobreza de conteúdos e deficiência na qualidade da
programação televisiva brasileira, deixando o telespectador sem muitas
opções de entretenimento.

Tudo bem que este horário não é e
nunca foi razão de grandes atenções por parte das emissoras, de modo
geral; não há muitos investimentos e, consequentemente lucros
significativos neste período do dia. Porém, por que entediar o
telespectador com a mesmice clássica, que não surpreende, não agrada nem
desagrada, é morno, inerte, igual?

                           ——————————————————————-


E se você também
quer expressar a sua opinião sobre algo da Tv,escreva uma coluna de no
mínimo 10 linha e mande para nós, que publicaremos pra você dentro da coluna
“Minha Coluna,Sua Coluna”,a coluna serve para você leitor expressar sua
opinião. E, caso você tenha escrito uma edição e ainda não foi
postada,pedimos para aguardar,pois todas serão postadas,por ordem de
chegada.

Mande para o email [email protected] com seu nome inteiro !

Comentar sobre