Leo Picon sobre abuso sexual: “Muitos estupram sem saber que estão estuprando”

O influenciador falou sobre temas delicados e foi duramente criticado por internautas.

0
226
Leo Picon. (Foto: Reprodução).

Neste domingo (21), Leo Picon causou na web ao opinar sobre falsas acusações de estupro e como vítimas reais devem reagir, na opinião dele. O influenciador utilizou seu perfil no Twitter para fazer as publicações e disparou:

“Na sociedade machista que vivemos, muitos estupram sem nem saber que estão estuprando e muitas são estupradas sem saber que foram estupradas. Por isso minha recomendação em caso de se sentir ameaçada é anunciar o crime que está sendo cometido”, começou.

+ PC Siqueira anuncia que voltará com seu canal no Youtube

Leo continua e afirma que estupradores também podem ser “meninos bonitinhos” e compartilha sua experiência pessoal com negativas femininas: “Estuprador não é só o maníaco do parque, tem muito “menino bonitinho” que estupra. Estupro é qualquer ato sexual que acontece sem o consentimento. Algumas vezes passei pelo momento em que a menina diz “Ai, ai, não… Para” e o que eu faço é sempre parar. Pergunto se é sério e muitas vezes é só um charme. É importante não banalizarem o PARA. O PARA deve ser usado de maneira séria e incisiva. Seu corpo, suas regras”, escreveu.

“Quem faz uma falsa acusação de estupro não ataca somente a integridade do acusado de maneira suja, essa pessoa também ataca, silencia e descredibiliza todas as reais vítimas. enho amigos que já estiveram nos dois lados da moeda. Amigas que foram estupradas e um amigo que sofreu uma falsa acusação de estupro. O pior momento da vida deles. É um assunto muito triste e delicado que devemos contar com a justiça para tirar conclusões”, completou o youtuber.

+ Maisa Silva desabafa sobre falta de privacidade: “Sou figura pública, mas meu corpo não”

Leo finaliza afirmando que muitas pessoas jogam pedras nos acusados, assim como nas vítimas, antes de haver uma investigação policial e orienta que vítimas de abuso sexual procurem a polícia.

Nos comentários da publicação, internautas se revoltaram contra o influenciador: “É, por que é desse jeito mesmo que funciona né? muitas vítimas acabam de passar pelo abuso e demoram anos para processar o ocorrido, além de muitas não conseguirem nem relatar. mas você homem branco rico e hétero já provou que não um pingo de noção pra debater sobre o assunto”, rebateu uma seguidora de Picon.

Após a repercussão extremamente negativa das publicações do influenciador, Leo voltou ao Twitter e se desculpou com aqueles que se sentiram ofendidos com seus comentários: “Num primeiro momento, quis me explicar, pois via razão em tudo que disse. Após leituras e reflexão, notei que elas tinham razão e do fundo do coração peço desculpas e agradeço as que me explicaram. Minha intenção sempre será de trazer força e auto estima para as mulheres”, concluiu o youtuber.

 

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui