#JustiçaporLaraInacio – Influencer é agredida pelo pai por ser homossexual

Imagens da jovem após as agressões viralizaram nas redes sociais.

0
479
Lara Inácio. (Foto: Reprodução/ Twitter).

Na noite desta segunda-feira (11), um vídeo onde a influenciadora Lara Inácio aparece desesperada após ter sido agredida por seu pai viralizou nas redes sociais e mobilizou famosos e internautas, que pedem justiça pela moça.

+ Joji é “cancelado” na web após descoberta do Filthy Frank

Lara que é maquiadora profissional e influenciadora digital, aparece nas imagens divulgadas em seu perfil no Twitter, no chão, chorando muito e com marcas das agressões pelo corpo. O motivo de tamanha violência teria sido a opção sexual da jovem. Na legenda do vídeo que dura cerca de 05 segundos, Lara escreveu: “O dia foi longo… Tivemos a nossa casa invadida, eu estava sozinha e apanhei igual cachorro, em cima da minha própria cama e depois na rua deitada! Mas homofobia não existe, né?”, indagou a influencer.

O pai da jovem é o acusado de invadir a casa onde Lara vive e espancá-la. Em seu perfil no Twitter, Lara falou sobre o assunto: “Qual o nome que vocês dão para quem bate em filha porque ela fica com menina? Eu to fora de moda ou não se chama mais homofobia?”, questionou a jovem.

Uma parente de Lara, que se identifica como autora da mídia que viralizou, confirmou que a influencer sofre ataques por parte dos pais desde os 14 anos de idade: “Gravei… Apenas 3 segundos de vídeo e todo mundo está apavorado, imagina apanhar deste jeito pelos próprios pais desde os 14 anos!! Essa não é a primeira vez, nem a segunda, é só uma das milhares, infelizmente”, escreveu a Beatriz Inácio em seu perfil no Twitter.

Após a repercussão do vídeo, internautas subiram a tag #justiçaporLaraInacio, que ficou entre os assuntos mais comentados do Twitter e chamou a atenção de famosos como Maisa Silva que se mobilizaram em prol da justiça para Lara: “Sinto muito Lara, você n merece isso”, lamentou a atriz ao compartilhar o vídeo e em seguida, retweetando a hashtag.

Maisa ainda alerta: “Fica também a atenção aí pra galera lembrar que nem toda relação familiar é boa e que a gente tem que parar de achar que tudo é um mar de rosas. E sim, ainda temos que repetir que HOMOFOBIA É CRIME. Que ódio viver num mundo aonde as pessoas n podem amar sem temer. Não me conformo”, concluiu.

Famosos da internet também se manifestaram pedindo justiça por Lara, como os influencers Alvxaro, Dora Figueiredo, Thainá Costa, Rica de Marré, entre outros que compartilharam a história de Lara. Até o momento não se tem maiores informações sobre o caso.

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui