Galisteu pode ser proibida de citar nome de Ana Hickmann

Um comentário malicioso de Adriane Galisteu na semana passada acaba de
transformá-la em inimiga íntima nº 1 do casal Alexandre Corrêa e Ana
Hickmann. O casal ameaça entrar com uma ação proibindo Galisteu de citar
novamente o nome de qualquer um deles, seja em seu programa ou em
qualquer outro veículo.

Tudo começou quando, na última terça-feira, em seu programa, Galisteu
afirmou que “um filho vai melhorar muito o jeito dela (Ana)”.

A declaração, feita ao vivo, caiu como um bomba junto ao casal. Galisteu
mexeu em vespeiro, pois se há um assunto que nem Alexandre e nem Ana se
interessam no momento é ter um filho. “Ana não pode ter filho agora,
ela é um avião que ainda não está em altitude de cruzeiro”, costuma
dizer seu marido, assessor e empresário sobre a carreira da mulher.

O trio já vinha se estranhando desde fevereiro, quando Galisteu fez uma
“matéria” sobre a briga entre o casal Hickmann e Chrys Flores –que foi
chamada de “falsa”por Alexandre.

Fonte próxima ao casal (que pede anonimato) ouvida pelo “F5”, informou
que eles estão “simplesmente transtornados” e que estudam entrar esta
semana com uma ação judicial proibindo Galisteu de citar o nome de Ana
publicamente de novo.

O casal pode usar como base a mesma ação que Xuxa move hoje contra a
Band, e que até hoje proíbe terminantemente qualquer programa daquela
emissora de citar o nome da rainha dos baixinhos. Em caso de
desrespeito, a emissora pode sofrer pesada multa financeira. A emissora
recentemente foi condenada a indenizar a apresentadora da Globo em R$
1,1 milhão. Isso porque a emissora dos Saad mostrou fotos de Xuxa em um
ensaio para um revista masculina, feito nos anos 80.

A assessoria da Band e de Galisteu não foram localizadas até o momento da publicação desta reportagem.

Créditos – F5 da Folha Online.

Comentar sobre