Flor do Caribe

Data de lançamento: 11 de Março de 2013

Metascore

Audiência de TV

Direção:        Jayme Monjardim e Leonardo Nogueira

Autor:            Walther Negrão

Produção:    Rede Globo de Televisão

Sinopse: Ester (Grazi Massafera) é guia de turismo na pequena Vila dos Ventos, no Rio Grande do Norte. Ela ama, desde a adolescência, Cassiano (Henri Castelli), piloto da Força Aérea Brasileira. Entretanto, Alberto (Igor Rickli), melhor amigo de infância dos dois, e também apaixonado por Ester, arma um plano para separar a amada do amigo.

Alberto pede a Cassiano para entregar uma encomenda de diamantes para Dom Rafael (César Troncoso), na Guatemala, um suposto cliente. Na verdade, Dom Rafael é chefe da máfia local e prende Cassiano no Caribe, que vai trabalhar como escravo em uma mina de diamantes. No Brasil, Cassiano é dado como desaparecido. Ao longo do tempo, Ester descobre-se grávida dele.

Abalada pela suposta morte do amado, e seduzida por Alberto, Ester acaba se casando com o vilão. Sete anos depois, com a ajuda de seu comparsa Duque (Jean-Pierre Noher), Cassiano consegue fugir da mina e volta a Vila dos Ventos disposto a reconquistar sua amada e fazer justiça contra Alberto, que cria o seu filho, Samuca (Vitor Figueiredo).

Alberto assumiu os negócios da família – uma salina, uma mina de tungstênio e uma lavra de pedras preciosas -, antes administrados por seu avô, Dionísio Albuquerque (Sérgio Mamberti), que guarda um segredo envolvendo o pai de Ester, o judeu Samuel Schneider (Juca de Oliveira), hoje um joalheiro assombrado por lembranças do passado, quando sua família foi vítima do Holocausto, na Europa, durante a Segunda Guerra.

Sinopse retirada do site Teledramaturgia.

Comentários da Crítica (5)

____

metascore

86 Aclamação Universal

5 Avaliações Positivas

0 Avaliações Mistas

0 Avaliações Negativas

____

96 Cena Aberta

“Flor do Caribe resulta de uma soma interessante: texto inspirado, direção caprichada e elenco que se entregou aos personagens.” Leia mais

90 Portal Overtube (Metrópolis)

Flor do Caribe veio a calhar na teledramaturgia global, reafirmando o padrão da qualidade com que a emissora se consagrou aqui e no exterior, e que, aparentemente, já não é mais tão levado em conta nas produções recentes da casa.” Leia mais

85 Maurício Stycer (UOL)

Flor do Caribe foi uma novela sem grandes sobressaltos, sem personagens ambíguos. Morna? Talvez, mas reconfortante de ver. Ao mesmo tempo, ainda que sem “ganchos” eletrizantes, foi uma história sem “barriga”, sem enrolação.” Leia mais

80 Nilson Xavier (UOL)

“(…) o autor cozinhou a história de “Flor do Caribe” em fogo brando ao longo de seus seis meses de exibição. Bom por não ter tido atropelos. Mas, por outro lado, cobrava-se um pouco mais de dinamismo no desenrolar das tramas.” Leia mais

80 Purepeople

“Mesmo que a história tenha se perdido um pouco em alguns momentos, a novela primou pela beleza das cenas, tanto no que se refere à bela fotografia de Jayme Monjardim quanto pelas beldades do elenco.” Leia mais

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

*

code