Ricky Martin revela trauma com questionamento sobre sua sexualidade: “Me senti violado”

Cantor foi colocado contra a parede em entrevista, mas não estava pronto para sair do armário

0
23
(Reprodução/People)
(Reprodução/People)

Quando assistimos Ricky Martin no palco cantando e rebolando, ou sensualizando em photoshoots, vemos um artista bonito e seguro de si. Porém em uma nova entrevista para a revista americana People, da qual é capa na segunda edição especial do Orgulho, o artista compartilhou que na verdade é super inseguro.

“Sou super desajeitado socialmente, mas hoje, bem, a diferença é que sei que sou desajeitado socialmente”, explica o cantor de 49 anos. “Então, eu não vou a lugar nenhum que me cause ansiedade. Estou em paz ao me apresentar para 30.000 pessoas e me sinto o rei do mundo, mas então eu entro em uma sala, para uma reunião íntima e alguém dirá: ‘Ei, Rick, cante uma música para nós!’ E isso cria muita ansiedade.”

Ludmilla critica Samantha Schmütz e sai em defesa de Juliana Paes

Martin também disse à People que no início de sua carreira sentiu muita pressão para provar que era um “símbolo sexual”. Antes de revelar ser gay, o cantor estava namorando publicamente mulheres e homens em segredo. “Sou eu gay? Eu sou bissexual? Estou confuso?”, se perguntava na tentativa de decifrar o que sentia.

De uma coisa, ele não tem dúvida: não estava ‘enganando’ ninguém. “Sexualidade é uma coisa complicada”, disse Martin para a revista. “Não é preto e branco. Está cheio de cores. Quando estava namorando mulheres, estava apaixonado por mulheres. Parecia certo, parecia lindo”, completou.

Ricky Martin foi colocado contra a parede sobre sua orientação sexual

Por muitos anos, Ricky sofreu com questionamentos sobre sua sexualidade. Mesmo sabendo que iria lidar com essas questões em seu próprio tempo, as lembranças dessa pressão para sair do armário ainda o assombram.

O porto-riquenho se lembra de uma entrevista para a TV americana nos anos 2000, quando foi colocado contra a parede por Barbara Walters: “Você poderia parar com esses rumores”, cutucou a apresentadora. “Você poderia dizer: ‘Sim, sou gay ou não'”. Na ocasião, Martin conseguiu encontrar algum equilíbrio e respondeu: “Barbara, por algum motivo, eu simplesmente não estou com vontade.”

Ricky Martin foi entrevistado por Barbara Walters em 2010(Foto: Reprodução/Internet)
Ricky Martin foi entrevistado por Barbara Walters em 2010(Foto: Reprodução/Internet)

No momento em que ouviu a pergunta, o cantor se sentiu violado porque simplesmente não estava pronto para “assumir”. O cantor disse que estava com muito medo e até hoje enfrenta o Transtorno de Estresse Pós-Traumático (TEPT) pelo que aconteceu.

+ Sarah Andrade elogia Juliana Paes e manifesta sua posição política

Martin saiu do armário dez anos depois, em 2010. Agora em 2021, olhando para trás, acredita que talvez tivesse chutado a porta naquela entrevista. “Há muitas, muitas crianças por aí que não têm em quem se espelhar”, disse o artista. “Tudo o que eles têm ao redor são pessoas dizendo: ‘O que você está sentindo é errado’.”

Mais tarde, a apresentadora Barbara Walters admitiu que se arrependeu por ter pressionado Martin a se declarar sua homossexualidade. “Eu pressionei muito Ricky Martin muito para ele admitir se era gay ou não, e a maneira como ele se recusou a fazer isso fez todo mundo decidir que ele era”, disse em entrevista em 2010. “Muitas pessoas dizem que isso destruiu sua carreira , e quando penso nisso agora, sinto que foi uma pergunta inadequada.”

+ Lucas Viana desativa redes sociais após receber ameaças

SIGA O ADTV NAS REDES

Quer acompanhar tudo sobre Famosos, Notícias da TV, Audiência da TV, Mundo Pop, Futebol, EsportesMMA, Streaming, Programação de TV, Novelas e mais? Siga nossas redes sociais, FacebookInstagram, ou Google News! Ou procure digitando nos resultados de busca por: ADTV!