Leda Nagle reproduz perfil fake de delegado da Polícia Federal e Fake News sobre STF

100
Leda Nagle (Foto: Reprodução)

A jornalista Leda Nagle surpreendeu a todos após ler uma notícia em seu canal. Numa live, Leda leu o Twitter do perfil @_delegado, onde esta conta fazia menções ao ex-presidente Lula, ao STF e ao presidente Jair Bolsonaro. 

Leda então, leu o primeiro tuíte da conta Fake. “Hoje foi a quarta vez que derrubaram a minha conta! Recebi 16 ameaças de morte via e-mail, várias mensagens aqui no Twitter, entre outras coisas, isso porque não quero e não posso ser imparcial. Vocês querendo ou não, sou a favor de Jair Bolsonaro”.

+ Fórmula 1 cresce e garante vice-liderança à Band

“Partiu daqui em conjunto com Lula e outros a ideia de matar Bolsonaro. Por enquanto, não posso dizer muito, mas, vocês saberão… Quem quiser pensar que é falsa a informação, fiquem à vontade, nos próximos dias saberão de muitas coisas”, encerra a apresentadora que se diz chocada com o teor da mensagem e dispara: “Isso não é política”.

Leda Nagle

O perfil era falso

De acordo com o jornal ‘O Globo’ em matéria veiculada dia 15 de Abril, foram criados diversos perfis falsos com o nome do novo diretor-geral da Polícia Federal, Paulo Maiurino. E, ainda segundo o jornal, a conta vinha sendo utilizada para golpes financeiros.

Recentemente, outra conta falsa foi criada em nome de Paulo Maiurino. Desta vez, o perfil fake fez críticas ao governador do estado de São Paulo, João Dória, afirmando que o desafeto de Bolsonaro “é o verdadeiro genocida”. 

A assessoria de imprensa da PF confirmou ao ‘O Globo’ que os perfis eram falsos e disse que a verdadeira conta de Maiurino no Twitter é @PMaiurino.

SIGA O ADTV NAS REDES

Quer acompanhar tudo sobre Famosos, Notícias da TV, Audiência da TV, Mundo Pop, Futebol, EsportesMMA, Streaming, Programação de TV, Novelas e mais? Siga nossas redes sociais, FacebookInstagram, ou Google News! Ou procure digitando nos resultados de busca por: ADTV!