Vasco vende joia da base para o Atlético Mineiro

Clubes se acertam e atacante oriundo da base deverá se transferir para o clube mineiro

0
245

Nas últimas semanas Vasco e Atlético Mineiro vem tratando a respeito da venda de Marrony, atacante advindo da base cruzmaltina. A contratação faz parte de uma lista que o técnico Jorge Sampaoli encaminhou à diretoria do galo na qual continha os jogadores que o treinador desejava contar para a temporada.

Vasco

Inicialmente o valor da transferência é na casa dos 20 milhões de reais. Tanto o Vasco como o Atlético negociavam o modelo de pagamento, com enormes dificuldades financeiras o clube carioca que deve 10 meses de salários aos seus atletas, deseja que o pagamento seja feito de modo à vista. Porém, o clube mineiro deseja que o pagamento seja feito de modo parcelado em três vezes.

A primeira parcela seria de 50% do valor total, paga no ato da assinatura, as outras duas seriam em dezembro de 2020 e a última em junho de 2021. Por medo de calote e por realmente está precisando do dinheiro, o presidente Alexandre Campello vem buscando meios para receber de uma vez.

Segundo informações do canal ”Atenção Vascaínos” Campello recorrerá ao banco BMG que é patrocinador dos dois clubes e que o dono do banco é torcedor fanático e também ex presidente do galo mineiro. A instituição financeira adiantaria o valor completo e ficaria responsável por receber o dinheiro do atlético.

Outro método encontrado pelos clubes foi que a construtora MRV, que parceira do galo e que seu proprietário também é torcedor do Atlético entrasse como fiadora do négocio, garantindo assim o recebimento, sem que haja risco de calote.