Espelho da Vida | Metacritic

0
106
Imagem: Divulgação/Montagem.

Espelho da Vida

Data de lançamento: 25 de Setembro de 2018

Metascore

Audiência de TV

Direção:        Pedro Vasconcelos

Autora:          Elizabeth Jhin

Produção:    Rede Globo de Televisão

Sinopse: Ao pisar pela primeira vez na cidadezinha mineira de Rosa Branca, a atriz Cris Valência (Vitória Strada) sente que já viveu algo e parece estar passando pela mesma situação novamente. O lugar é a cidade natal de seu namorado Alain Dutra (João Vicente de Castro), diretor de cinema e televisão que pretende filmar lá o seu primeiro longa-metragem, no qual Cris será Júlia Castelo, a protagonista. Na pesquisa para interpretar sua personagem, Cris vive uma experiência de viagem no tempo, em que vai se deparar com uma de suas vidas passadas.

Vicente (Reginaldo Faria), o avô doente de Alain, tem um último pedido ao neto: lhe deixa em testamento o dinheiro para financiar o filme desde que ele conte a história de Júlia Castelo, uma jovem que foi vítima de um crime passional em um casarão da cidade no início da década de 1930. Porém, voltar à cidade natal desperta sentimentos complexos em Alain. Anos atrás, quando foi traído por Isabel (Alinne Moraes), sua antiga namorada, e Felipe (Patrick Sampaio), seu primo e melhor amigo, ele jurou que jamais colocaria seus pés lá novamente.

Assim que Cris chega a Rosa Branca ganha, inesperadamente, uma joia que foi de Júlia Castelo. Logo depois, Margot (Irene Ravache), viúva de Vicente, lhe mostra o diário que pertenceu à jovem. Cris fica envolvida pela história e por todos esses sinais. Em uma visita ao casarão em ruínas onde Júlia viveu, Cris volta ao passado na pele da própria Júlia. Com a ajuda de Margot, ela quer desvendar o assassinato que abalou a cidade há quase um século. Tudo indica que Júlia foi morta por seu amado, Danilo (Rafael Cardoso), mas Cris não acredita nessa hipótese.

Cris reencontrará pessoas do presente que fizeram parte também de sua outra vida. Cada encontro será uma revelação para ela, que se vê envolvida em intrigas, tanto no passado quanto no presente. Enquanto isso, Alain trabalha na realização de seu filme, o que mexe com o cotidiano de Rosa Branca, com a chegada do elenco e da equipe de filmagem. E Isabel, agora com uma filha criança, Priscila (Clara Galinari), fará de tudo para ter o amor de Alain de volta, primeiro lhe revelando que a menina é filha dele e, depois, tentando tirar Cris de seu caminho.

Sinopse retirada do site Teledramaturgia.

Comentários da Crítica (7)

____

metascore

87 – Aclamação Universal

6 Avaliações Positivas

1 Avaliação Mista

0 Avaliações Negativas

____

100 Cabine Cultural

“uma telenovela com ótimo texto, atuações idem, de um aparato técnico magistral e que não deixou a desejar, em momento algum, durante esses seis meses em que esteve no ar.” Leia a crítica completa

100 Patrícia Kogut (O Globo)

Espelho da Vida inovou e foi fiel ao mais tradicional dos folhetins.” Leia a crítica completa

98 Gazeta de Bebedouro

Espelho da Vida não fechou na média geral exigida pela emissora, mas o que fica é o lado bom. A satisfação de uma autora que conseguiu entregar o que prometeu, dos atores que se desdobraram para fazer dois ou três papeis dentro da mesma novela, simultaneamente, da direção para editar cada fragmento e, do público fiel, que recebeu na sala de casa, (…) uma verdadeira obra de arte, uma ousadia que comprova: Mesmo com os clichês do clássico folhetim, a fórmula da ousadia ainda funciona.” Leia a crítica completa

90 Observatório da TV

“(…) Espelho da Vida se tornou mais um êxito das obras de temática espírita de Elizabeth Jhin.” Leia a crítica completa

85 Nilson Xavier (UOL)

“A produção é de primeira, com apuro técnico, iluminação envolvente, arte, figurinos e cenários caprichados. (…) É uma novela bonita e agradável de assistir.” Leia a crítica completa

81 Contigo!

“Mais do que mera repetição, a autora mostra uma consistente evolução, se distanciando das tramas melosas e repletas de chavões do espiritismo para ressignificar seus usos à serviço daquilo que importa: contar uma boa história.” Leia a crítica completa

60 Bem-Te-Vi (Medium)

Espelho da Vida tentou inovar num horário em que o público já está acostumado com histórias muito bem traçadas, apresentadas com clareza e, se aparecerem espíritos no meio, de um jeito reconhecível e sem confusões temporais.” Leia a crítica completa

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

*

code