A importância da fala de Tiago Leifert sobre racismo no BBB21

0
59
Tiago Leifert comandou momento histórico contra o racismo no BBB21 (Imagem: reprodução/Globoplay).

Na noite desta terça-feira (06) tivemos mais uma noite de eliminação no Big Brother Brasil 21, e quem deixou a casa foi o cantor Rodolffo Matthaus. Porém antes de dar o veredito do público sobre o resultado do paredão, o apresentador Tiago Leifert fez uma pausa para uma conversa que ficará marcada na história do programa.

O momento foi feito após o episódio do fim de semana e também sobre a repercussão no jogo da discórdia desta segunda-feira (05). No sábado, após ganhar o monstro dos anjos Fiuk e Gil, Rodolffo fez uma brincadeira racista, comparando o cabelo de João com a peruca de um homem das cavernas. João ficou extremamente magoado com o comentário e foi desabafar com Camilla e também comentou com Gilberto. Durante o show de Ludimilla no sábado, ela disparou: “respeita a nossa cor, respeita o nosso cabelo” em uma resposta a uma batalha judicial que ela perdeu contra a milionária Val Marchiori e claro, uma indireta para Rodolffo.
Durante o jogo da discórdia de segunda, João aproveitou para desabafar, e ao dar sua flecha de “jogo sujo” para Rodolffo, ele compartilhou com todos o ocorrido e como aquilo o tinha afetado por conta do preconceito que enfrenta desde que nasceu. Vários brothers ficaram abalados e se manifestaram como Camilla e Pocah, que disse que a filha já chegou a odiar o próprio cabelo por conta do preconceito.

BBB21: Rodolffo é eliminado com 50,48% dos votos

Nas redes sociais a repercussão foi imensa e ficou dividida entre os que apoiaram João e os que chamaram de “mimimi”, alegando que o professor utilizou o momento do programa ao vivo para se promover e queimar o filme da voz de “Batom de Cereja”, ignorando o fato de Rodolffo ter cometido racismo. Com o público em polvorosa, o paredão ganhou mais proporções e se tornando mais uma vez uma questão muito maior onde de um lado tínhamos a torcida fervorosa do cantor focada em tirar Caio, por ser o alvo mais fácil a sair no lugar de Rodolffo, e de outro a torcida de Gil e o público que já estava a tempos querendo tirar Rodolffo do jogo por conta de piadinhas homofóbica e algumas atitudes questionáveis.

No meio disso, após encerrar a votação, Tiago deixou seu lado apresentador de lado e deu uma aula não só para os participantes mas para o país inteiro. A audiência estava nas alturas, mais de 30 pontos, quase 7 milhões de telespectadores só na Grande São Paulo.

Tiago comentou que entendeu que a brincadeira de Rodolffo não foi com intenção de magoar, mas que magoou. Rodolffo tentou justificar que o próprio cabelo não é liso, mas Tiago reiterou que não é a questão do penteado, mas o que o cabelo representa: “Um cabelo Black Power que é o cabelo do ‘Jão’, não é um penteado, é mais que um penteado. É um símbolo de luta, de residência. Foi o que os americanos dos anos 70, os pretos americanos, usaram como símbolo antiracista. Eles vestiram o Black Power pra mostrar pras pessoas que eles se aceitavam, que eles se amavam. Por que? Porque até a pouquíssimo tempo atrás uma pessoa como o João, como a Cami, lá nos Estados Unidos, tô falando do país mais livre do mundo hein, tinha que levantar de um ônibus pra um branco sentar, cara. Não podia ir num restaurante. Então historicamente o cabelo do João foi associado a uma coisa errada, a uma coisa suja, a uma coisa feia. Não existia cosmético pra pele da Camila, não existia nada pro cabelo do João há pouquíssimo tempo atrás.” E prosseguiu – “E é por isso que quando a gente faz um comentário sobre o cabelo do João, a gente não tá falando de penteado, que foi o que você achou que tava fazendo e como você encararia, e eu como homem branco também por muitos anos encarei. Você tá falando de um símbolo, cê tá falando o que o João é, do que o João sente, do que o João viveu na pele dele, da história do João, da ancestralidade do João. Tem muito ali. O Black é a coroa. Isso não sou eu que tô falando, quem me ensinou isso é um cara que eu tenho um amor profundo, com quem eu tive a honra também de conviver, o nome dela é Alexandre Santana, mas vocês devem conhecer ele pelo apelido, um apelido racista: Babu.”

Audiência de TV
Rodolffo Matthaus durante conversa com Tiago Leifert (Imagem: Reprodução/Globoplay).

Camilla, que estava muito emocionada, falou após Tiago concluir éa disse estar cansada de ter que explicar para as pessoas, pois ouve esse tipo de piadinha desde que nasceu.

Audiência de TV
Camilla chorou muito em conversa sobre racismo (Imagem: reprodução/Globoplay).

João também falou um pouco sobre a importância de Tiago ter tido essa conversa com eles e Rodolffo aproveitou para se desculpar mais uma vez com João e Camilla.

Audiência de TV
João Luiz emocionado no BBB21 (Imagem: reprodução/Globoplay).

Em Tempo

Participantes do BBB19 foram para as redes sociais se manifestar a favor da atitude de Tiago e da postura do programa, porém lamentaram isso não ter acontecido na edição deles, que tinha muitos negros e teve Paula Sperling como campeã, uma mulher branca que teve diversas falas racistas na casa, chegando a dizer que cabelo Black Power era cabelo ruim.

 

SIGA O ADTV NAS REDES

Quer acompanhar tudo sobre Famosos, Notícias da TV, Audiência da TV, Mundo Pop, Futebol, EsportesMMA, Streaming, Programação de TVNovelas e mais? Siga nossas redes sociais, FacebookInstagram, ou Google News! Ou procure digitando nos resultados de busca por: ADTV!