Após polêmica, ‘CQC’ prepara resposta a sindicato e a jornalistas

O “CQC” vai responder ao vivo, na próxima edição do programa, na
segunda-feira, às reclamações de jornalistas por sua atuação em
Brasília. Ontem, o Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Distrito
Federal pediu a colocação de limites no espaço do humorístico da Band em
eventos do governo, em Brasília. Na última segunda-feira, o CQC
Maurício Meirelles causou confusão com jornalistas ao fazer brincadeiras
com Hillary Clinton. O comediante chegou a ser ameaçado de agressão. O
sindicato pede que as assessorias de imprensa dos organismos
governamentais adotem medidas para garantir a preponderância da
atividade jornalística sobre a humorística.

Comentar sobre