Altas Horas – 07/03/2020: Milton Nascimento, Galvão Bueno e Gabriel Medina

0
8
Altas Horas (Foto: Reprodução).

O Altas Horas deste sábado, 07 de março de 2020, recebe Milton Nascimento, Galvão Bueno e Gabriel Medina.

Neste sábado, dia 07, rodeado de amigos, belas recordações e emoções, Serginho Groisman dá início às comemorações dos 20 anos do ‘Altas Horas’, em um programa repleto de novidades e surpresas. Para começar em grande estilo, a atração recebe Galvão Bueno, Gabriel Medina e o cantor Milton Nascimento, que é homenageado de uma forma especial pelo apresentador. Além disso, Serginho apresenta novos quadros com a plateia e chama o público de casa para participar das edições seguintes do ‘Altas Horas’, de uma forma que é a cara do programa, divertida e descontraída. Para fechar com chave de ouro, temos ainda a participação especial da Banda Altas Horas, que, ao longo de 16 anos, foi responsável por abrir e fechar os blocos da atração. O programa deste sábado é o primeiro de uma série de edições comemorativas, que duram até o final do ano e chegam com a missão de celebrar as duas décadas do programa.

O ‘Palco Milton Nascimento’

“Agora, apresento à vocês o mestre, o gênio da Música Popular Brasileira, Milton Nascimento”. Sem esconder sua admiração, é com essas palavras que Serginho anuncia a presença do cantor no palco do ‘Altas Horas’, sob fortes aplausos do público.
Junto com a sua banda, Milton presenteia Serginho com canções que marcaram gerações e solta a voz para deixar este primeiro programa comemorativo ainda mais especial. Se de um lado o convidado homenageia o apresentador, do outro, Serginho aproveita a participação de Milton para anunciar uma novidade: a partir do próximo sábado, o palco do ‘Altas Horas’ passa a se chamar ‘Palco Milton Nascimento’, um exemplo da importância do cantor para a Música Popular Brasileira. Com sua característica timidez, o artista se emociona e revela: “Ele não me falou isso”, referindo-se à surpresa de Serginho. O ‘Altas Horas’ já conta com a ‘Ladeira Zeca Pagodinho’, em homenagem ao sambista.

Como parte das novidades preparadas pelo apresentador, o ‘Altas Horas’ ainda mostra antigas participações de Milton no programa e guarda mais surpresas para o cantor e o público de casa, como um coral formado apenas por mulheres, que faz bonito ao cantar ao lado do ídolo.

As histórias de Galvão

Dando continuidade ao clima de festividade, outro convidado de peso desta edição é Galvão Bueno. O narrador não deixa de elogiar o trabalho de Serginho nesses 20 anos e se mostra agradecido pelo convite para participar desta edição: “Que energia boa desse programa. Estou honrado em estar aqui mais uma vez. Comemorar essa data com você é muito gratificante para mim”. No programa, o convidado esbanja simpatia e revela uma curiosidade: este ano, também tem vinte motivos para comemorar, já que completa duas décadas de casamento ao lado da esposa, Desirée Soares.
Assim como Milton, Galvão também assiste a antigas participações no ‘Altas Horas’ e responde dúvidas sobre a sua trajetória, principalmente sobre o seu papel na narração esportiva do país. Durante a atração, Galvão conta momentos marcantes de sua carreira, lembrando velhos e novos ídolos, como o piloto Ayrton Senna, falecido em 1994, e Gabriel Medina, que também marca presença no programa deste sábado.

Rumo a Tóquio

Gabriel Medina tem apenas 26 anos e já é um dos nomes mais conhecidos do surfe nacional. Com 20 anos de carreira, o atleta conta um pouco das primeiras ondas que enfrentou, em Maresias, no litoral de São Paulo, e como está se preparando para seu próximo objetivo, os Jogos Olímpicos de Tóquio. Sobre a competição mundial, ele afirma: “Estou treinando mais do que estou acostumado e adotei uma nova dieta. Como atleta, eu sempre quis focar no meu profissionalismo. Abdiquei de algumas coisas para chegar onde cheguei”. A história e evolução do surfista como pessoa e atleta acaba de virar o documentário ‘Gabriel Medina’, uma coprodução Canal Off e HD filmes disponível no Globoplay. Essas histórias são contadas sob a ótica de familiares, amigos e grandes nomes do esporte, como o próprio Galvão Bueno, Kelly Slater e Mick Fanning.
Tímido, entre uma conversa e outra, Gabriel Medina ainda revela como o ‘Altas Horas’ esteve presente em sua vida: “Agora estou com 26 anos, mas surfo desde os 6. Então, estou comemorando 20 anos também. Praticamente, cresci junto com o ‘Altas Horas’”, brinca.

O programa ainda conta com a participação de Laura Muller, que se diverte ao relembrar a primeira pergunta que respondeu no ‘Altas Horas’.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui